segunda-feira, 3 de outubro de 2016

CONSPIRAÇÕES


Acredito que o ser humano é curioso por natureza, e quando algo não é muito bem explicado surgem diversas teorias, amparados por fatos que parecem reais, e que muitas vezes são. Mas o mais interessante é que essas teorias são tão legais e muito bem feitas que fica difícil não acreditar. E são milhares de teorias conspiratórias, com milhares de sites abordando os temas, de forma séria ou humorada, alguns são tão específicos no assunto que se tornaram verdadeiros referencias para seus seguidores. Em muitos casos a verdade nem tem tanta importância devido ao crédito que as histórias fictícias possuem, cria dificuldade de contar a verdade, como no caso do episódio final do desenho A Caverna do Dragão, com crianças mortas enviadas ao inferno, Mestres dos Magos demônio e anjos como Tiamat. Essa e muitas outras conspirações foram reunidas por Edson Aran no livro Conspirações, que pode ser utilizado como um manual do conspirólogo.

Lógico que o livro só dá umas pinceladas, uma vez que a quantidade de assuntos poderia gerar uma enciclopédia gigante com atualizações diárias. Mas as mais importantes e relevantes conspirações estão presentes no livro, separadas por assunto e por ordem alfabética. Cada assunto tem seu símbolo para situar o leitor no tipo de conspiração que ele está lendo, e pode ser que esse assunto abranja mais que um tipo de conspiração, onde você encontra vários símbolos especificando os temas abordados. Mas longe de tratar o assunto com muita seriedade, o autor utiliza de ironia e bom humor em frente às teorias absurdas e sem nexo, mas que já foram utilizadas em diversos filmes, livro e HQs. A misteriosa morte do presidente Kenedy, que rendeu assunto para livros e teve muitos personagens fictícios como autores do crime, para mim é a conspiração mais interessante que já existiu, e o livro me inspirou a procurar mais, assistindo o filme JFK, lendo a HQ Badlands, etc. O livro é bom por que desperta curiosidades, que são ótimas para conversas de bar após algumas bebidas.

Resultado de imagem para beatles abbey road

Segundo o autor "Há um conspirador por trás de toda informação, suspeita e denuncia de conspiração”. O subtítulo "Tudo o que não querem que você saiba" parece ter sido tirado de frases do personagem Questão da DC Comics, ou do taxista Jerry Fletcher, interpretado por Mel Gibson no filme Teoria da Conspiração. Para quem gosta de Rock e não aguenta mais só a história de que Elvis não morreu, temos o mistério que envolve a morte de Kurt Cobain (suicídio ou assassinato), a morte falsa de Jim Morrison que não aguentava mais avida de estrela do Rock, até uma farsa orquestrada pelos empresários dos Beatles para encobrir a morte de Paul Mccartney colocando um sósia em seu lugar (Lennon nunca aceitou a ideia e colocou varias pistas para os fãs nas capas dos álbuns da banda). Já os americanos parecem adorar uma conspiração. Além de possuir um presidente assassinado de maneira explicada insatisfatoriamente, o governo americano parece conspirar minuto a minuto para jogar inverdades na mídia e tapear a humanidade, desde inventar uma chegada do homem à lua em 1969 e sair na frente na corrida espacial (com ajuda de Stanley Kubrick), até negar que houve um "obvio" evento alienígena em Roswell, e ter na Área 51 um panteão de coisas secretas.

Resultado de imagem para area 51 alien

O Anticristo tem papel fundamental nas conspirações, e a Nova Ordem Mundial é orquestrada por ele. No livro há várias teorias interessantes e engraçadas sobre o papel do Tinhoso em nossa sociedade, influenciando e preparando o apocalipse. O Vaticano, os Illuminati, Maçonaria, toda e qualquer seita são culpados por muitas teorias e verdades que regem o caminho que o ser humano tomou para chegar onde estamos. Jesus e o Santo Graal, religiões, mundos subterrâneos, Terra Oca, Nazistas e planos para a dominação mundial. Até uma passagem com Charles Mason e Mark Chapman, assassino de John Lennon, que foram encontrados lendo o livro O apanhador do campo de centeio. Lógico que tudo é descrito com humor, pois levar a sério alguns assuntos é realmente impossível. Farsas históricas e mutações biológicas, como a criação do vírus da AIDS em laboratório preenchem as páginas de informação.

Lógico que os alienígenas não poderiam faltar, em vários relatos e histórias de avistamentos, até teses de controle extraterrestre regendo a evolução do planeta. O Brasil tem sua parcela de culpa por disseminar essas histórias estranhas, que vão de Chupa-Cabra a ET de Varginha, mas o que me chamou a atenção foi a presença do médico legista Badan Palhares em alguns casos mal explicados, como a causa da morte de PC Farias e a identificação de ossadas de um nazista que morreu no Brasil. Dizem até que foi ele que estudou uma criatura alienígena que se encontra escondida na Unicamp. Isso renderia um livro ou filme, quem sabe uma série. Tudo deve ser visto com humor, mas se caso algumas dessas histórias te chamarem atenção, não se incomode, pois chama a atenção de todo mundo.

Resultado de imagem para CONSPIRAÇÕES