segunda-feira, 12 de setembro de 2016

RAPTURE - BIOSHOK

Resultado de imagem para rapture livro

Cá entre nós, esse livro só será bem compreendido para quem jogou pelo menos o primeiro jogo de Bioshock. Em certo momento há tantas informações que só quem está ambientado com a trama do jogo conseguirá entender bem o que está acontecendo, e as várias referências e explicações que há no livro só são compreendidas por quem jogou Bioshock. Caso não conheça o jogo e queira entrar de cabeça nessa trama, o livro é uma boa pedida para começar a jogar. Em Rapture temos os eventos anteriores ao primeiro jogo da série, lançado em 2008, a maioria desses eventos foram citados nas gravações encontradas pelo jogador, no caso Jack, só que com muito mais detalhes.

Tudo começa com o rico industrial Andrew Ryan colocando em prática seu sonho de construir uma sociedade livre das amarras religiosas e governamentais que para ele servem apenas para paralisar os avanços da humanidade. Em sua cidade cada um teria que chegar ao sucesso por conta própria. Segundo sua filosofia a caridade é um mal que ajuda os vagabundos tirando daqueles que obtiveram êxito trabalhando arduamente. Após os eventos ocorridos na Segunda Guerra Mundial, ficou claro em sua mente a necessidade de colocar os seus planos e prática o mais rápido possível. Quando ele conhece o encanador Bill McDonagh e admira seu modo de trabalhar, ele o convida para uma nova empreitada: ajudar a construir uma cidade secretamente no fundo do mar e escolher a dedo seus habitantes, a nata da sociedade, sem nenhum parasita que queira lhe tirar o que lhe é devido. Durantes anos uma gigantesca estrutura é construída, onde Bill McDonagh ajudou a construir, juntamente com as mentes mais brilhantes da época, uma cidade fantástica. Enfim Rapture estava pronta e foi submersa no Atlântico, e seus novos habitantes foram proibidos de saírem.

Resultado de imagem para rapture propaganda

Com produtor de energia elétrica, denominado Hephaestos, uma floresta submarina chamada Arcádia, a cidade teve grande êxito no começo, e Bill se tornou uma pessoa importante em Rapture, um braço direito para o industrial Andrew Ryan. Mas a felicidade teve fim. Foi difícil manter em sigilo uma construção com esse porte, e o vigarista Frank  Gorland (que mudou o nome posteriormente para Frank Fontaine) descobre esse plano e faz de tudo para ser aceito nessa sociedade, até conseguir. No começo ele é aturado por Andrew, afinal Fontaine parece ser o mais capitalista morador de Rapture, mas suas táticas de empreendedorismo eram desconhecidas. Tinha acesso à superfície, que lhe ajudou em contrabando, e utilizou a mão de obra das pessoas que não conseguiram chegar a seus objetivos para lhe prestar serviços escusos. Pronto, as coisas só pioraram. Fontaine percebeu necessidades das pessoas que não podiam ser supridas em Rapture, e ele contrabandeava desde produtos religiosos até suprimentos.

Resultado de imagem para rapture propaganda

No livro, os vários personagens que compõe a história do jogo são pormenorizados, como a cientista judia Bridgette Tenenbaun que, com a ajuda financeira de Fontaine, descobriu uma maneira de retirar as células-tronco de uma lesma submarina que eram capazes de melhorar as capacidades físicas dos seres humanos. A essas células ela deu o nome de Adam. Conhecemos o chinês Dr. Suchong, cientista sem escrúpulos e que conseguiu modificar o Adam para que dessem poderes aos usuários e fossem comercializados, desenvolvendo dessa forma os Plasmids. De quebra criaram as Little Sister, num experimento horrendo com crianças órfãs, onde as lesmas eram cirurgicamente colocadas nos estômagos das meninas para que gerassem mais Adam. Dra. Lamb é outro personagem que se torna grandioso, com capacidade de influenciar as pessoas devida a sua grande experiência em psicologia, e se torna um perigo tanto para Fontaine quanto para o próprio Ryan, sendo que no segundo jogo da série ela acaba se tornando a grande antagonista.

Com o tempo a cidade não era mais a mesma e Bill começou a temer por sua família, com tantos viciados em Adam, pessoas com poderes ficando loucas, guerra entre facções rivais, assassinatos entre concorrentes comerciais, a pobreza aumentando e o pior, crianças desaparecendo. Como encanador, tinha outro perigo em mente: vazamentos, afinal não esperava que tudo isso iria ocorrer numa cidade submersa. Em meio a tantos problemas, ainda sobra espaço para um novo personagem surgir: Atlas, de grande importância para o primeiro jogo. Afinal de contas quem é ele e de onde surgiu? Mas a pergunta principal é quais suas intenções? São muitos personagens e talvez pouco livro, em certos momentos a história poderia ter rendido mais, mas é apenas pincelada para evitar uma repetição com o jogo. Pede uma continuação, quem sabe uma série de livros. Vale ler e aguardar novidades, ainda mais com o lançamento do jogo remasterizado para esse ano.

Resultado de imagem para rapture livro