quinta-feira, 12 de maio de 2016

ORPHAN BLACK


A estrela Tatiana Maslany é o sonho de produtores que querem gastar pouco com elenco. Em Orphan Black ela interpreta vários personagens, todos os clones, mas com personalidades completamente diferentes. A série canadense é uma grande surpresa e trata o tema clonagem de uma forma misteriosa e original. Nem parece um enredo de ficção cientifica, trata-se mais uma série policial com suspense e toques científicos, de espionagem e perseguição.

Sarah Manning tem problemas com a lei, e quando cruza o caminho de Elizabeth Childs, uma mulher idêntica a ela e que comete suicídio na sua frente, ela escolhe trocar de identidade com ela. Mas a escolha lhe trás muitos problemas. Elizabeth era uma policial que estava sendo investigada que tinha uma relação de muita amizade com o parceiro Arthur na policia, e seu marido Paul torna-se um empecilho para que ela consiga chegar a seu objetivo de roubar as economias da ex-policial para poder reconstruir sua vida do zero. Tudo se complica ainda mais quando outras sósias começam a aparecer.


Percebendo serem elas um experimento de clonagem, elas se juntam para descobrir quem ou qual organização está por trás disso. Mas as clones são totalmente diferente entre si. Enquanto Sarah parece ter problemas demais para resolver e um instinto de sobrevivência conivente com o passado que já teve, a lésbica Cosima, com seus dreads é a geneticista do grupo e a calma em pessoa. Já Alison é uma dona de casa toda certinha que vai mudando seu jeito de ser (suas atrapalhadas são bons momentos da série). Mas o grupo, em especial Sarah, começa a ser perseguida por uma organização misteriosa e também por uma seita que coloca uma perigosa clone, a amedrontadora Helena, na cola de Sarah.


Tatiana Maslany é merecedora de todos os prêmios recebidos por sua atuação na série. Fiz o teste de apresentar um episódio para minha mulher que não acompanha a série e ela não percebeu ser a mesma atriz a interprete das personagens. Além desses clones citados ainda há mais. Mas Maslany não leva a série toda nas costas. O elenco de apoio é muito bom, em especial Jordan Gavaris, que rouba a cena como Felix, o engraçado e afetado irmão de Sarah.

 A trama tem muitas reviravoltas e surpresas, desde a descoberta de saber que os clones estão sendo observados intimamente até a revelação do que se trata a organização secreta que os observa. Ter sua identidade invadida nunca foi tão bem mostrado como em Orphan Black. Para quem quer saber mais segue o site oficial no Brasil: orphanblack.com.br.