terça-feira, 10 de maio de 2016

O MÉDICO E O MONSTRO


Juntamente com os livros Drácula e Frankenstein, Dr. Jekyll e Sr. Hyde pertence a tríade do terror, como uma das mais cativantes histórias de suspense  que geraram releituras e personagens famosos, como o Hulk e o Duas Caras, entre outros. Escrito por Robert Louis Stevenson, o mesmo que escreveu A Ilha do Tesouro, já teve sua obra encenada em teatro, cinema, quadrinhos, minisséries e seus personagens já foram introduzidos em histórias como A Liga dos Cavaleiros Extraordinários, de Alan Moore entre outros.

Dr. Henry Jekyll é um cidadão respeitável da Londres do final do século XIX, que tem uma estranha relação com o sinistro Sr. Hyde, homem desprezível que pisoteia crianças e tem problemas sociais, além de não ter um passado conhecido por ninguém. Essa relação causa estranheza nos amigos de Jekyll, em especial no advogado Utterson, que tenta entender o que liga o amigo à misteriosa pessoa de Hyde. Utterson até consegue se encontrar com Hyde e a feiura deste lhe causa muito espanto. Ao conversar com o amigo, o mesmo o tranquiliza lhe dizendo que está tudo sob controle, até mesmo quando Utterson descobre que Jekyll colocou Hyde como beneficiário de seu testamento.


A trama se desenvolve sempre gerando estranheza ao leitor, que fica sem entender o motivo de Hyde ser tão mal e repugnante ao mesmo tempo em que Jekyll e cortês e elegante. Em um momento Hyde entrega um cheque assinado por Jekyll para tentar saldar uma despesa causada por ele mesmo. A situação piora quando Hyde espanca um homem até a morte com a bengala que Utterson presenteara o amigo Jekyll, que se torna um homem recluso. Apenas no final temos a explicação do que estava acontecendo.

Após anos de adaptações e conhecimento geral da história, o fim que causou impacto e gerou um tom de mistério na época em que foi lançado, lido hoje não tem um tom tão impactante, uma vez que todos sabem que Jekyll e Hyde são as mesmas pessoas, onde Jekyll cria uma poção que conseguia dividir seu lado bom do seu lado mal, na figura de Hyde, que começa a tomar conta de sua personalidade. Um livro de ficção cientifica, terror, suspense, gótico, etc.


Um ótimo livro, com personagens que já fazem parte do conhecimento popular. Lembro-me dos episódios do Tom e Jerry ou do Piu-Piu e Frajola onde a transformação mostrada no livro era abordada. Com o tempo, a figura de Hyde se transformou. De um feio e desprezível homem para um homem musculoso e grandalhão. Stan Lee se inspirou na obra de Stevenson para criar o Hulk, e também outro vilão chamado Mr. Hyde. Os filmes inspirados no livro são diversos, mas se fosse para indicar um escolheria Mary Reilly com Julia Roberts e John Malkovich, onde as mudanças de personalidade do personagem principal são contadas pela empregada do médico. John Malkovich faz, como sempre, um ótimo trabalho e parece irreconhecível como os dois personagens. Muito bom.