terça-feira, 29 de março de 2016

DRÁCULA

Resultado de imagem para drácula livro

A lenda de vampiros já existia antes de Bram Stocker escrever sua obra máxima, mas foi com Drácula que os vampiros ganharam charme e um representante á altura. O folclore desses mortos vivos sugadores de sangue tem origem remotas, onde eram confundidos com demônios, muito diferente dos vampiros que conhecemos hoje em dia. Esse folclore é muito rico e acaba gerando muitas ramificações interessantes. Na Bíblia é informado que após Cain matar Abel ele foi marcado por Deus, mas não é informada qual a marca, o que algumas histórias indicam ser a marca da maldição de ser um vampiro. Já em outra lenda os vampiros são descendentes de Judas, que também foi amaldiçoado por Deus. Cada uma pode ter sido imaginada por um escritor ou inventada numa determinada obra e quem leu pode ter tomado como verdade e repassado a história.

Um mito antigo impossível de confirmar onde surgiu, mas o escritor irlandês Bram Stocker se inspirou no príncipe romeno Vlade Tepes para criar seu personagem. Tepes viveu de 1431 à 1476 e pertencia a Ordem do Dragão, cavaleiros que protegiam os interesses da Igreja Católica contra os turcos otomanos. Apelidado de Draculea (o filho do demônio), Vlad “Tepes” significava o empalador, conhecido por ser cruel e implacável, sendo causador de mais de 3600 mortes de maneiras cruéis (em um festim enganou seus convidados e os “empalou” em estacas que iam do anus à boca e demoravam três dias para morrer). Vlad Tepes é reconhecido pelos romenos como um herói nacional.


O livro Drácula é uma reunião de cartas, registro de diários, notícias, que parecem ter sido pesquisadas posteriormente e colocados em ordem cronológica, o que vai dando o compasso da história. A primeira leva de cartas é remetida pelo jovem Jonathan Harker à sua noiva Mina Murray, que relata os acontecimentos de sua viagem a Transilvânia, onde iria se hospedar no castelo do misterioso Conde Drácula para lhe vender algumas propriedades na Inglaterra. Nas cartas seguintes ele revela as excentricidades de seu anfitrião, informando à amada que não se sente como hóspede e sim como prisioneiro. Harker começa a ficar aterrorizado no castelo, onde coisas tenebrosas começam a acontecer, até ser deixado pelo Conde, que parte para a Inglaterra, o deixando com três garotas que se alimentavam de sangue. 

A intenção de Drácula é encontrar a noiva de HarkerMina, com quem se apaixonara ao ler as cartas interceptadas de seu prisioneiro, que nunca chegaram ao destino. Nas cartas e diário de Mina há demonstração de incerteza quanto ao futuro de seu relacionamento amoroso, sem receber noticias de seu noivo. Ela também narra a mudança de comportamento de sua amiga Lucy, que também começa a presentar estranhos sintomas como uma extrema palidez e dois furos no pescoço. Ao mesmo tempo em que estranhas noticias nos jornais referente a estranhas mortes em um navio e as loucuras ditas por um lunático em sua cela em um manicômio dizendo que seu mestre está chegando. Sem saber como tratar o mal de Lucy, seus amigos e parentes vão à busca de ajuda e acabam recebendo auxílio do Dr. Abraham Van Helsing e em determinada parte do livro seus estudos e métodos são explicados em cartas expiatórias que dão prosseguimento na trama, tanto para investigar a origem dos devaneios de Lucy quanto para explicar quem é Drácula, que agora já conseguiu alcançar seu objetivo de possuir Mina Murray.


Essa história foi adaptada varias vezes para o cinema. O filme alemão Nosferatu de 1922 se tornou Cult, enquanto novas versões se tornaram clássicos com interpretações de Bela Lugosi e Christopher Lee fizeram história. Uma refilmagem de Nosferatu com o ator Klaus Kinski em 1979 ganhou vários prêmios, e uma versão de Francis Ford Coppola em 1992, chamada Drácula de Bram Stocker, com grande elenco (Gary Oldman rouba todas as cenas como o temível Conde Drácula), tornou-se uma referencia para quem quer se aprofundar na história do personagem. Recentemente foi lançado o filme Dráculauma história nuca contada que aproveitou o passado de Drácula e sua inspiração em Vlad Tepes e o transformou em herói. Além dos filmes temos toda uma nova literatura onde Drácula faz participações, Games, desenhos animados e Histórias em Quadrinhos. Um personagem que nunca irá morrer (mesmo tendo morrido varias vezes).