quinta-feira, 31 de março de 2016

DEMOLIDOR - 2ª TEMPORADA

Resultado de imagem para demolidor netflix 2 temporada

A série do Demolidor nos apresentada pelo Netflix é nada menos que um presente para a nação nerd e uma ótima série para todos os demais. O que está sendo feito com o Demolidor é de causar inveja para vários heróis da Marvel ou DC. E pensar que o personagem estava morto, assassinado por um filme mal feito. Mas seu carisma é surpreendente, e o nosso querido “Demônio de Hell’s Kitchen” demonstrou saber se reerguer, como já fizera varias vezes tanto na ficção como na vida real.

Na primeira temporada ele teve a sua dura tarefa de se colocar na mente das pessoas e fazer esquecer tudo o que já foi feito nos cinemas referente ao personagem. Conseguiu. Agora, na segunda temporada era preciso inovar. Conseguiu novamente. Logicamente ele não estava sozinho, teve uma ajuda de peso, mas isso não desmerece o herói, que sofre muito para chegar aonde chegou (e pelo que parece vai continuar sofrendo).

Resultado de imagem para demolidor netflix

Após os eventos mostrados na primeira temporada, as gangues anteriores ao Rei do Crime se preparam para retomar o poder, mas são impedidas por um novo vigilante bem diferente do Demolidor. Enquanto ele tenta acabar com o crime na cidade por intermédio da justiça, o novo vigilante não hesita em sujar a cidade com o sangue dos criminosos, sendo chamado na imprensa de Punisher (nome original do Justiceiro). Enquanto tenta prender esse “psicopata violento”, alguém no passado de Matt Murdock retorna para atormentá-lo. Um amor de um passado obscuro do herói, Elektra, vem lhe pedir ajuda para seguir uma misteriosa seita que age nas sombras de Hell’s Kitchen e promete gerar uma guerra na cidade.


Não tem como negar que o Justiceiro rouba boa parte das cenas, com sua truculência e jeito de pensar. Dá para se imaginar a lambança que ele poderia fazer em Brasília, e ter Demolidor como oponente segue bem os caminhos já trabalhados nas histórias em quadrinhos, repetindo cenas marcantes e desenvolvendo bem a relação entre os dois personagens. A origem de Frank Castle e o assassinato de sua família são envoltos em mistérios em que o próprio Justiceiro terá que desvendar. Com tanta ação e personagens importantes parece que Foggy Nelson e a secretária Karen Page teriam uma participação apagada nessa nova temporada, mas o que ocorre é totalmente o inverso. Foggy é meio que abandonado à própria sorte para tentar defender Frank Castle em ótimas cenas de tribunal enquanto Karen vai se aprofundando no passado do Justiceiro e se aproximando cada vez mais de seu chefe, Murdock. Mas suas aventuras em companhia da ninja Elektra não combinam com sua vida pessoal e profissional. Junte isso tudo ao retorno de Stick e a grande ameaça da Tentáculo (na dublagem traduzida como a Mão), temos aí uma temporada com muita ação e surpresas.

Escolher assistir um episódio depois do outro se tornará tarefa fácil. Algumas cenas são mais bem feitas que filmes (como a que o Demolidor desce as escadas de um prédio lutando sozinho – e com uma das mãos amarradas – contra uma gangue de motoqueiros). Ficamos então na espera da terceira temporada, aguardando a aparição do vilão Mercenário ou mais ação com o Justiceiro. Vida longa ao Netflix.