quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

X-MEN – A SÉRIE ANIMADA


Chegar em casa depois da escola e ainda conseguir assistir, no quadro final do programa TV Colosso, o desenho do X-Men era uma missão. Quando assistimos hoje, após anos de avanço tecnológico e evolução no setor de animação, pode parecer um desenho despretensioso e sem cuidado, até certo ponto apressado no roteiro, mas quando assistimos os desenhos de hoje em dia nos questionamos o porquê de não fazerem algo semelhante ao X-Men de 1992.

Na época Jin Lee era o nome mais adorado no setor de quadrinhos, e seus X-Men estavam batendo recordes de vendas e o desenho seguiu sua cartilha. A animação já começa com a equipe formada por ele na época, sendo o passado dos personagens trabalhados no decorrer das temporadas. Devido a essa escolha, muitas histórias e aventuras dos X-Men tiveram que ser adaptados para seguir a cronologia do desenho. Algumas aventuras com a primeira e segunda equipe foram reformuladas trocando os personagens, mas no fim o enredo era o mesmo.


Foram os Sentinelas as primeiras ameaças dos X-Men no enredo, que logo no começo mostrava Jubileu fugindo dos robôs gigantes e sendo resgatada pela equipe mutante.  Jubileu não conhece a equipe e aos poucos os integrantes são apresentados a ela e ao telespectador. Na verdade a personagem foi criada nos quadrinhos poucos anos antes e já incorporada na animação. Outro personagem recém-criado e utilizado na trama foi Gambit, que fez muito sucesso na série. A Tempestade já era uma colíder e Fera já estava peludo e azul. Os uniformes de Ciclope e Jean Grey já seguiam os moldes elaborados por Lee na HQ. Vampira voava e tinha superforça, mas sua mutação era apenas de vampirizar os poderes do mutante que tocava, sendo esses outros poderes sugados da heroína Miss Marvel, mas isso só foi explicado bem depois na animação.

Arcos de histórias da Fênix e da Fênix Negra foram bem abordados, enquanto outros foram pincelados como a Ninhada. Wolverine teve uma boa participação e sua dublagem por Isaac Bardavid definiu a voz do mutante até hoje. O invocado Wolverine encontrou a Tropa Alpha, teve seus momentos na Arma X explorados e seu ódio por Dente de Sabre ficou famoso entre os novos fãs. Muitos torceram pelo baixinho conquistar a Jean Grey, mas de fato foi nesse desenho que o heroísmo de Ciclope foi colocado de escanteio e até hoje ele visto apenas como rival do Wolverine, não a toa sua participação nos filmes do X-Mem é menosprezada.


Morfo foi criado exclusivamente para a série e incorporado posteriormente aos HQs do grupo. Dava para perceber que ele foi criado no desenho apenas para morrer. Mas seguindo os caminhos dos gibis de super-heróis, onde nenhum personagem fica morto por muito tempo, Morfo ressurgiu nas temporadas seguintes. Ou era a Mística disfarçada? Vilões como Magneto eram adorados como heróis e personagens como Blob, Avalanche e Pyro tiverem bons momentos na trama.

A série foi descontinuada deixando muitos fãs aguardando novos episódios e tendo que se contentar com X-Men Evolutions. Pena nós não termos mais desenhos como antigamente.