segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

WOLVERINE – ORIGEM


O passado de Wolverine sempre foi um mistério. O próprio Professor Xavier encontrava dificuldades e até corria perigo quando entrava na mente de Logan, mas em todos esses anos nem o mutante sabia de seu passado. Wolverine estreou nos quadrinhos em uma HQ do Hulk em 1974, e depois fez aparições em outras publicações, sempre ligado ao governo canadense. Na reformulação dos X-Men na década de 70 os roteiristas optaram por formar um grupo de vários locais do mundo, com propósitos marqueteiros, e Wolverine foi o representante canadense. Sua personalidade marcante e seus trejeitos de anti-herói o tornaram o mais querido dos X-Men a partir de então, ultrapassando até o carisma dos membros fundadores, como Ciclope e Jean Grey. Mas nada de seu passado ser revelado.

Sabemos que o fator de cura de Logan faz com que ele envelheça de maneira diferente que os demais seres-humanos e que ele lutou na Segunda guerra Mundial ao lado do Capitão América e foi recrutado pelo governo canadense para fazer parte da Tropa Alpha após os experimentos no Projeto Arma X, onde houve sua lavagem cerebral e a implantação de Adamantium em seus ossos. Em Wolverine Origem um pouco do passado de Logan é nos mostrado. Como se alguém entrasse numa caverna escura e acendesse uma lanterna por alguns segundos.


Em uma fazenda em Alberta, no Canadá, uma jovem órfã é contratada para ser babá do filho de John Howlett, dono da propriedade. James Howlett é frágil e adoentado, e seu pai, um homem justo e bom, quer o melhor para seu filho, ainda mais sendo ele seu único herdeiro, uma vez que seu primogênito falecera de maneiras misteriosas. A garota Rose começa a conviver com a família, estranhando o comportamento da mãe de James, sempre reclusa, do avô sempre rude, e de Cão, filho do violento jardineiro Thomas Logan. Sempre com seu diário, Rose passa a anotar todos os acontecimentos, até o fatídico dia em que o jardineiro e seu filho invadem o casarão após trágicos acontecimentos, que culminam com o despertar da mutação do jovem James, com garras saindo de suas mãos. Após fugir para uma vila de mineiros, Rose e James tentam se esconder do passado, que virá a tona sem aviso. Utilizando o nome do jardineiro, James passa a ficar conhecido entre os mineiros como Wolverine.

Com capas belíssimas, Wolverine Origem é com certeza uma das melhores histórias do herói mutante, mais uma vez confirmando que ele não tem sorte com as mulheres. Muitos mistérios não são revelados, nos dando o que imaginar. Os traços de Andy Kubert e as cores de Richard Isanove rivalizam com a criatividade do escritor Paul Jenkins. Agora, se é melhor que os filmes de Wolverine? Com certeza.

Resultado de imagem para wolverine origin